O Ministério da Cultura, por intermédio da Secretaria de Políticas Culturais, abre no espaço virtual um diálogo com a sociedade civil, por meio da Conferência Livre para a Democratização da Comunicação e  Cultura Digital.

A plataforma da Conferência Livre tem como objetivo subsidiar as conferências estaduais de cultura para a construção de políticas de comunicação e cultura digital alinhadas ao Plano Nacional de Cultura, em especial à  meta 45 e ao Programa Comunica Diversidade.

Ela  permitirá que cada unidade da federação se posicione sobre suas 12 ações prioritárias sobre o tema da Comunicação e Cultura Digital, além de possibilitar a extração dos resultados por estado, o que propiciará aos delegados que deem seguimento a pauta nas conferências estaduais ou distrital.

Nesta plataforma serão disponibilizadas, durante um período de 45 dias, 189 propostas de ações do Programa Comunica Diversidade para avaliação da sociedade civil. Estas 189 ações foram construídas, ao longo de meses, contando com a participação de diversas unidades do Ministério da Cultura e suas instituições vinculadas, por meio de um Grupo de Trabalho. A sociedade civil também contribuiu para o processo durante o Seminário e Oficina Nacional de Indicação de Políticas Públicas para Cultura e Comunicação, ocorrido em 2012.

O tema, Democratização da Comunicação e da Cultura Digital estará presente na III Conferência Nacional de Cultura (CNC), que será realizada de 26 a 29 de novembro em Brasília, e está inserido no Eixo II, que discutirá a Produção Simbólica e a Diversidade, e terá como foco o fortalecimento da produção artística e de bens simbólicos e da proteção e promoção da diversidade das expressões culturais, com atenção para a diversidade étnica e racial.

A III Conferência Nacional de Cultura terá como tema central Uma Política de Estado Para a Cultura: Desafios do Sistema Nacional de Cultura e, além da implementação do Sistema Nacional de Cultura (SNC) em todo o país, discutirá a cultura e o desenvolvimento econômico, a cidadania e os direitos culturais, a diversidade cultural e a produção simbólica, a comunicação e a cultura digital, dentre outros temas.

Democratização da Comunicação e  Cultura Digital

O desenvolvimento tecnológico, o cenário da convergência das mídias e a digitalização da cultura representam uma profunda alteração nos processos de produção, reprodução, distribuição e armazenamento dos conteúdos simbólicos. Essa mudança traz consigo, também, uma reformulação de paradigmas que afeta, direta ou indiretamente, os modos de educar, participar, informar, fruir e criar que circundam as expressões culturais e de cidadania bem como seu valor político.

O tema, Democratização da Comunicação e da Cultura Digital tem como desafios: a necessidade de que os meios de comunicação que sejam tão diversos quanto a enorme variedade de modos de viver, fazer, criar e pensar; a produção e distribuição de conteúdos regionais independentes para rádio, televisão, cinema, internet e outras mídias; a digitalização e disponibilização de acervos de bibliotecas, cinematecas, museus e; e a ampliação da infraestrutura, serviços e aplicações tecnológicas e de comunicação de caráter público.

Propostas Prioritárias

A plataforma permitirá que a sociedade eleja suas propostas prioritárias que constam das 189 ações do Programa Comunica Diversidade.

Como será a eleição das propostas prioritárias?

A eleição das propostas será realizada da seguinte forma:

1-    Cada usuário cadastrado será convidado a escolher até 02 (duas) ações prioritárias  para serem realizadas em sua unidade federativa até 2017, em cada um dos seis eixos do Programa Comunica Diversidade.

2-    O conjunto das 12 ações mais votadas por unidade da federação poderá ser encaminhado por um (a) delegado (a) à Conferência Estadual ou Distrital de Cultura.

Estamos escolhendo as propostas prioritárias até 2017 pois  nesse ano está prevista a realização da IV Conferência Nacional de Cultura, quando poderão ser elencadas novas prioridades.

Quais são os Eixos do Programa Comunica Diversidade?

Os eixos do Programa  são:

Eixo 1 – Educar para Comunicar;

Eixo 2 – Produção de Conteúdos Culturais;

Eixo 3 – Distribuição de Conteúdos Culturais;

Eixo 4 – Meios para a Comunicação;

Eixo 5 – Comunicação e Protagonismo Social; e

Eixo 6 – Comunicação e Renda.

Conheça cada eixo do Programa Comunica Diversidade aqui.

Como serão apresentados os resultados da consulta?

Os resultados da consulta serão apresentados de duas maneiras:

  1. Por meio da disponibilização na plataforma dos extratos das votações acerca das prioridades, elencadas por eixo, por cada unidade da federação, em até três dias antes da data prevista para a Conferência de Cultura da respectiva unidade da federação; e
  2. Por meio de disponibilização na plataforma de um relatório das ações mais priorizadas, divididas por eixos, a nível nacional, após o encerramento das votações na plataforma.

Conheça das datas previstas para a realização da Conferências Estaduais aqui.

Para saber mais sobre o Regimento Interno da III Conferência Nacional de Cultura,  clique aqui.

Para mais informações sobre o Texto Base da III CNC, clique aqui.

Mobilize seu estado para que a política de comunicação para cultura e cultura digital estejam alinhadas ao Programa Comunica Diversidade do Ministério da Cultura.

Priorize suas propostas! Participe!